Apnéia do Sono

Dormir muito nem sempre é sinônimo de dormir melhor. Acordar descansado depois de uma noite de sono não tem relação com a quantidade de horas que você vai passar deitado em sua cama. Claro que dormir menos que às oito horas recomendadas no vai lhe proporcionar o descanso adequado para você ter uma vida produtiva, porém o importante e entender que outros fatores influenciam no seu sono.

Infelizmente Morfeu não pode ajudar a todos e principalmente aqueles que sofrem de apnéia do sono, uma doença que apesar de não ser séria, pode afetar a sua qualidade de vida.

Apnéia do Sono

O problema e caracterizado por interrupções na respiração durante o sono, normalmente é a língua que relaxa e bloqueia a entrada de ar. Você provavelmente nem vai notar que isso esta acontecendo ou pode estar tao acostumado que nem vai se importar porém essa interrupção da passagem dor ar causa um problema grave que é o despertar noturno.

Como eu disse a apnéia do sono não vai gerar grandes problemas porém ela força você a acordar varias e varias vezes durante a noite. É obvio que mesmo dormindo seu cérebro sabe que faltou oxigênio e vai despertar você. As vezes esse acordar é simples e tranquilo outras vezes você acorda assustado e com uma respiração intensa, como se tivesse engasgado durante o sono.

Geralmente em alguns casos as o paciente nem chega a acordar, pois ele passa do sono profundo ao sono leve, porém essa alteração afeta o seu descanso e pode trazer problemas como:

Sonolência
Fadiga
Cansaço físico indisposição
Fadiga mental
Estresse
Irritabilidade

Causas da Apnéia do Sono

O grande problema dessa doença é que ela pode durar anos sem ser diagnosticada devido a sua dificuldade de detecção. Se você raramente acorda com o problema é quase impossível saber se esta sofrendo ou não da doença. Porém é possível se ater aos sintomas acima listados, se você possui algum deles é indispensável que procure um médico para verificar o problema.

O tratamento para apneia do sono consiste basicamente em controle de peso e evitar o consumo de álcool e outros produtos que facilitam o aparecimento da doença. Sinusites ou rinites alérgicas constantes

Digite seu e-mail abaixo e receba as novidades nele. É Grátis

Já sã o mais de 129.859 mil assinantes!



Tags:, , ,

Por: Renato Tavares
Postado em: Saúde
Nenhum Comentário
nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro