Autorizado Casamento GAY em todo o Brasil

Casamento homoafetivo era um tabu em todo Brasil, com passar do tempo os homossexuais lutaram por seus direitos e agora ganharam uma batalha importante. Uma nova resolução do CNJ aprovou o casamento homossexual em todo Brasil. Apesar de a decisão poder ser questionado no STF, já pode se comemorar uma vitória dos direitos humanos.

Os cartórios do Brasil são obrigados a se adequar ao casamento homoafetivo, sendo assim, obrigados a realizar o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Apesar de ser uma obrigação recente, em todo Brasil já era possível esse tipo de união, porém para isso os noivos eram obrigados a procurarem os seus direitos na justiça. No último ano cerca de 1200 uniões homoafetivas foram feitas em 13 capitais do Brasil.

casamento gay

CNJ aprovou o casamento gay com 14 votos a favor e apenas um voto contra, antes dessa resolução era considerado apenas uma união estável duas pessoas do mesmo sexo.  O único voto contra que a resolução recebeu foi da Maria Cristina Peduzzi, já o autor da proposta foi o presidente do STF Joaquim Barbosa.

Essa resolução da o direito do casal, ao procurar um cartório e receber um não como resposta, denunciar o estabelecimento e abrir um processo contra o cartório, para isso basta procurar um juiz corregedor no Tribunal de Justiça de sua cidade e realizar a denúncia, assim o Juiz tomará as medicas necessárias para garantir o casal esse direito.

A resolução começará a valer ao ser publicado no diário oficial, até lá os casais que desejam o casamento já podem ir se preparando para a cerimonia. Essa é uma vitória importante do Brasil em prol dos direitos humanos, assim como abolimos a escravidão e garantimos direitos iguais às mulheres em relação aos homens, essa resolução garante o direito de todos poderem viver da forma que desejarem.

Digite seu e-mail abaixo e receba as novidades nele. É Grátis

Já sã o mais de 129.859 mil assinantes!



Tags:,

Por: Renato Tavares
Postado em: Notícias
Nenhum Comentário
nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro