Diabetes Infantil, Causas e Sintomas

Diabetes é uma doença séria que prejudica a vida de muitos brasileiros e por isso estados e município realizam inúmeras campanhas para esclarecer a população dos riscos da doença. Mesmo com toada divulgação poucos sabem sobre os perigos da Diabetes Infantil além de conhecer suas causas e sintomas.

Primeiro você deve entender o que é a diabetes e suas causas para entender o quanto é problemático uma criança ter a doença e como os pais devem agir para diagnosticar a doença o mais rápido possível para evitar problemas comuns da doença.

A diabetes não é só simplesmente a alteração da produção de insulina pelo organismo, você também pode apresentar o problema caso tenha uma resistência à ação da insulina no seu organismo. A insulina é o hormônio responsável por quebrar os açúcares ingeridos e transformá-los em energia para nosso corpo.

Diabetes Infantil, Causas e Sintomas

O que deve se ficar claro é a diferença entre a diabetes tipo 1 e a diabetes tipo 2. Diabetes tipo 1 é aquela que a insulina produzida pelo corpo é insuficiente para a quantidade total de açúcar ingerida pelo corpo.

Já a diabetes tipo 2 e aquela hereditária em que o paciente herda dos seus pais, basicamente esse tipo é caracterizado por uma resistência a insulina, geralmente ligado ao sedentarismo e maus hábitos alimentares.

Nas crianças o tipo mais comum é o tipo 1 que aparece geralmente dos 5 aos 7 anos de idade ou em sua puberdade.

Sintomas da diabetes infantil

As crianças não tem ideia do que estão sentindo e por isso descobrir algo errado com a saúde delas é uma verdadeira complicação, por isso os pais devem ficar atentos a certas mudanças nos hábitos dos filhos e procurar imediatamente um médico caso seja necessário.

Os sintomas da diabete são:

  1. Sede
  2. Fome em excesso
  3. Emagrecimento
  4. Idas ao banheiro frequentes
  5. Mal estar
  6. Sonolência
  7. Fraqueza
  8. Tontura
  9. Formigamentos

A doença se não tratada rapidamente pode evoluir para perda da visão, derrame infarto e até insuficiência renal.

Tratamento para a diabetes varia dependendo do tipo da doença, quem possui o tipo 1 deve fazer o uso de insulina injetável além de fazer um monitoramento rigoroso durante todo o dia para evitar que a glicose saia de controle.

Já quem possui a diabetes tipo 2 não precisa de tomar as injeções diariamente mas precisa de controlar a glicose no sangue e seguir uma dieta balanceada com uma pratica de exercícios constante.

Digite seu e-mail abaixo e receba as novidades nele. É Grátis

Já sã o mais de 129.859 mil assinantes!



Tags:, , ,

Por: Renato Tavares
Postado em: Saúde
Nenhum Comentário
nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro