Fim do Google Reader: Conheça as Alternativas Disponíveis

Realmente as coisas não andam fáceis para ninguém, a Google anunciou recentemente que o seu leitor de feeds o Google Reader chegará ao fim, não somente ele, mas também vários outros serviços que a empresa oferece serão cancelados. O objetivo deste cancelamento é manter o foco da empresa em coisas que realmente dão retorno a ela. Porém o Google Reader deixará um buraco no mercado.

Se você, assim como eu, acessou o site e se assustou com mensagem informando que no dia 1 de julho o serviço será suspenso, saiba que nem tudo está perdido, existem diversas alternativas interessantes ao Google Reader, muitas delas de código aberto. Nesse artigo você vai entender os motivos que levaram a empresa a cancelar o seu serviço, além de conhecer sites que oferecem o mesmo que o GReader oferecia.

Fim do Google Reader: Conheça as Alternativas Disponíveis

História do Google Reader

O aplicativo foi criado em 2005 com um objetivo simples, centralizar a leitura de notícias em um único lugar. As pessoas geralmente perdem tempo acessando os sites favoritos em busca de informações novas, e no geral, acabam não lendo todos os novos artigos por falta de tempo ou por não encontrar o conteúdo novo. O Google Reader utiliza o RSS, uma tecnologia que permite receber as atualizações dos sites sem a necessidade de acessá-los a todo o momento, acabando assim com a necessidade de acessar o site em busca de atualizações, pois estas chegam automaticamente ao leitor.

Infelizmente o número de usuários do serviço caiu de forma assustadora nos últimos anos, a Google sendo uma empresa de foco, resolveu cancelar o serviço o que deixou muitos usuários insatisfeitos.

Salvar dados do Google Reader

Para quem não quer perder nada com o cancelamento do serviço, a Google oferece uma alternativa para realizar o backup de seus dados e migrá-los para outros serviços. Para exportar os dados do Google Reader basta acessar o Google Takeout e solicitar o backup.

É importante lembrar que você ainda possui 4 meses para migrar de serviço, apesar de já existir muitos aplicativos semelhantes ao do Google, nos próximos meses acredito eu que alguma empresa irá criar um site tão bom quanto o GReader. Por isso você pode esperar mais alguns dias antes de migrar.

Alternativas ao Google Reader

Existem muitas boas alternativas para quem já deseja abandonar esse velho amigo. Muitos usuários estão criando petições online para que o Google mantenha o serviço, outros estão pressionando a empresa para que torne o Google Reader open source. Até alguma coisa realmente acontecer, você pode ir se acostumando com alguma das alternativas listadas abaixo.

Feedly – Essa é a opção mais famosa e recomendada atualmente, somente em 48 horas após o anuncio do Google, a ferramenta ganhou 500 mil novos usuários. Além de um leitor de feeds elegante o Feedly conta com aplicativos para Android e também iOS.

The Old Reader – Outra opção interessante para quem gosta do Google Reader, além do leitor de feed bastante semelhante ao do Google, a ferramenta oferece a opção de integração com o Pocket. Sua interface é bastante semelhante ao Google Reader isso facilita a adaptação dos novos usuários.

Tiny Tiny RSS – Para quem possui conhecimentos de programação e um servidor próprio, a opção recomendada é o Tiny Tiny RSS, um programa PHP que pode ser instalado em seu servidor dando você a total autonomia sobre o programa.

Não importa a opção que você escolha, o Google Reader fará falta. Será que a próxima ferramenta a ser cancelada é o FeedBurner?

Digite seu e-mail abaixo e receba as novidades nele. É Grátis

Já sã o mais de 129.859 mil assinantes!



Tags:, , , , ,

Por: Renato Tavares
Postado em: Internet
Nenhum Comentário
nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro