HPV – Contágio, Sintomas e Tratamento

Todo mundo já sabe que deve se cuidar, mas muitos ainda insistem em não tomar os devidos cuidados e assim acabam sendo contaminados. Doenças como o papilomavírus são comuns só por esse motivo a falta de informação e cuidados para se evitar o problema.

O objetivo desse artigo e mostrar para vocês o que é o HPV, como é feito o contágio e seus principais sintomas e depois mostrar como é complicado o tratamento do HPV. Leia com atenção e fique ligado, pois esse problema pode levar você a desenvolver o câncer do colo do útero.

HPV - Contágio, Sintomas e Tratamento

Para começar e bom deixar claro que o HPV é uma doença sexualmente transmissível BASTANTE comum, muitas mulheres nem sabem que possuí o vírus e por isso não buscam tratamento e pior agem como vetor do problema.

Contágio do HPV

Além do modo comum o vírus também pode ser adquirido através do contato com a pele ou instrumentos não esterilizados e ainda o com uso de roupas íntimas contaminadas.

O problema é que a doença fica oculta durante algum tempo no organismo e só se apresenta quando a pessoa esta com baixa imunidade. E bom lembrar que existe vários tipos do vírus e cada um dele pode afetar você de uma forma. As versões 16 e 18 do vírus são responsáveis por uma grande parte dos casos de câncer de colo do útero.

Sintomas do HPV

O sintoma mais comum é a presença de verrugas, mas infelizmente isso não é tão simples de se verificar. Primeiro problema e que nos homens não há o surgimento de verrugas no primeiro momento e é necessário um exame clinico para comprovar se o paciente possui ou não a doença.

Já nas mulheres é em muitas vezes realizar uma biópsia e Papanicolau para verificar se a mulher possui ou não o problema. Como podem ver diagnosticar o HPV não é tarefa fácil, por isso sempre realizar exames preventivos é a melhor saída para não sofrer os terríveis problemas que podem surgir com o descuido.

Tratamento do HPV

Tratar o problema uma vez que descoberto depende unicamente de quando você descobriu o problema. Se você seguiu minhas dicas e realizou exames preventivos e detectou o papilomavírus logo no início seu tratamento é infinitas vezes mais simples que o de uma pessoa que só procurou um médico após vários dias de sintomas evidentes.

Primeiro passo para o tratamento do HPV e tratar as feridas na pele do paciente deixadas pela doença. Logo em seguida estimular o sistema imunológico do paciente a combater a doença de forma natural.

Em alguns casos é necessária a realização de procedimentos cirúrgicos para remover as feridas deixadas na pele do paciente. Esses são os casos mais graves.

Digite seu e-mail abaixo e receba as novidades nele. É Grátis

Já sã o mais de 129.859 mil assinantes!



Tags:, , , ,

Por: Renato Tavares
Postado em: Saúde
Nenhum Comentário
nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro